quinta-feira, 20 de outubro de 2016

As canções escorpianas dos musicais




Escorpião

Signo de Água regido por Plutão, que confere grande magnetismo e poder, determinação e criatividade. Os nascidos em Escorpião são inteligentes, arredios, têm emoções e sentimentos fortes, são muito persistentes, mas também podem ser rancorosos e obstinados. O escorpiano apaixonado exala sexo, tem fome e sede de um amor que só orgasmos múltiplos conseguem saciar.



Depois da porta aberta por Hair, os musicais deixaram de ser apenas espetáculos de orquestra tradicional, então Richard O’Brien criou sua ópera-rock, um tributo bem- humorado a filmes B de ficção científica e terror, que estreou no West End londrino em 1973. Rocky Horror é um dos musicais que ficou mais famoso pela sua versão para o cinema, que revelou Tim Curry e Susan Sarandon, e até hoje é um dos filmes cult mais celebrados do cinema alternativo. Em Touch-A, Touch-A, Touch Me, a pura e casta Janet, bela, recatada e do lar, sucumbe aos seus desejos carnais por Rocky.


“Touch-A, Touch-A, Touch Me”
The Rocky Horror Show
(Richard O’Brien)


"Eu senti que não adianta
Ficar nas carícias
Só leva a problemas e a molhar o assento (...)
Não vou mais resistir
Não quero mais distância
Eu tenho uma coceira
E preciso de ajuda
Toque-toque-toque-toque-me
Eu quero me sujar"



São impacientes. Pelo lado positivo, é emotivo, decidido, poderoso e apaixonado. Escorpião é um signo com muito magnetismo. Despertam a curiosidade das pessoas, graças ao mistério que criam em torno de si.




“You're The One That I Want
Grease
(John Farrar)


"Danny: Fiquei com arrepios
E estão multiplicando
E estou perdendo o controle
Porque o poder que você está fornecendo
É eletrizante! (...)

Sandy: É melhor se recompor
Porque eu preciso de um homem
Que me satisfaça (...)

Ambos: Você é quem eu quero!"

Criado em 1971, Grease é um musical ambientado nos anos 50, com canções ao estilo do rock da época, e apesar de ser uma leve comédia romântica adolescente, também aborda vários temas sociais como gravidez precoce. Assim como Rocky Horror, Grease ficou exponecialmente mais conhecido por sua versão para o cinema de 1978, com John Travolta e Olivia Newton John, que até hoje é uma das maiores bilheterias e vendas de trilha sonora da história. Algumas canções novas, como Hopelessly Devoted to You e You’re The One That I Want foram escritas por John Farrar para o filme, e devido ao estrondoso sucesso, foram incorporadas nas seguintes versões teatrais.




O sangue frio é sua melhor arma. Pode ser ciumento, compulsivo e obsessivo. Os escorpianos também tendem a ser ressentidos e teimosos. Em certas ocasiões, podem ser vingativos, sarcásticos, intolerantes, manipuladores, cruéis e vaidosos.



Após vários sucessos românticos e cômicos, Sondheim apostou num musical sombrio de terror com livro de Hugh Wheeler, baseado numa peça homônima de 1973. Situado na Inglaterra do século 19, Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street detalha o retorno do barbeiro Sweeney Todd para Londres após 15 anos de exílio, para se vingar do juiz corrupto que o condenou e destruiu sua família. Ele conspira com a padeira Sra Lovett, que usa a carne de suas vítimas para fazer tortas. O musical estreou na Broadway em 1979. Em 2007 foi adaptado para o cinema com Johnny Depp e Helena Bonhan Carter e direção de Tim Burton.


“Epiphany”
Sweeney Todd
(Sondheim)


"Sua garganta estava nas minhas mãos (...)
Eu terei vingança
Eu terei salvação (...)
E eu vou trazê-lo de volta
Mesmo que ele esteja agonizando (...)
E a minha Lucy encontra-se em cinzas
E eu nunca vou ver a minha menina novamente
Mas o trabalho espera!
Estou vivo, finalmente!
E eu estou cheio de alegria!"



Escorpião gosta da verdade, do trabalho quando faz sentido. O escorpiano gosta de envolver-se em causas e convencer os demais. Sentem-se atraídos pela competição, e para isso contam com uma enorme inteligência, além de serem bons estrategistas.




“A Call From The Vatican”
Nine
(Maury Weston)


"Quem não está vestindo nenhuma roupa?
Eu não estou!
Quem tem medo de te beijar os pés?
Eu não tenho!
Estou soprando em seu ouvido,
Para você ouvir direitinho,
Eu preciso que você me aperte aqui...
E aqui...
E aqui...”
8 ½ de Fellini é considerado uma das obras primas do cinema mundial. A história de um diretor de cinema em crise de meia idade, Guido Contini, e suas muitas amantes e musas inspiradoras. O Compositor Maury Weston adaptou a história para um despretensioso workshop, mas o projeto acabou indo parar nos palcos da Broadway em 1982 chamando-se Nine, estrelado por Raul Julia. Foi remontado várias outras vezes, inclusive com Antonio Banderas. Em 2009, Rob Marshall, que dirigiu Chicago, o levou para o cinema, com um elenco cheio de estrelas como Daniel Day Lewis, Sophia Loren, Nicole Kidman, Penelope Cruz e Marion Cotillard. Em A Call From The Vatican, Guido recebe um telefonema de sua amante Carla.




Desconfiados e ciumentos, resguardam a sua privacidade a todo custo, e preservam a vida familiar da maneira mais tradicional possível. O escorpiano não vê com bons olhos os afagos fáceis e também não suporta a adulação. Escorpião não gosta de superficialidades, de relações sem sentido.


Joanne, uma das amigas de Bobby, canta The Ladies Who Lunch, uma canção que ironiza e julga a futilidade das mulheres ricas e abastadas que desperdiçam suas vidas de meia-idade sem fazer nada significativo, enquanto janta fora em uma boate com seu terceiro marido Larry e Bobby. The Ladies Who Lunch logo se tornou um dos “showstoppers” de Company, com seu ritmo de bossa nova, e uma das mais cultuadas canções de Sondheim também.



“The Ladies Who Lunch”
Company
(Sondheim)


"Para as senhoras que almoçam
(...)
Planejam brunches em homenagens a si mesmas
Vão à academia e depois à uma prova
E reclamam estar gordas
Posam altivas por se sentarem
Para escolher um chapéu...
Alguém ainda usa chapéu?
Eu brindo a elas."



São muito exigentes em tudo. Costumam ser bastante discretos, especialmente na vida profissional. Podem tornar-se materialistas e consumistas crônicos.


Uma qualidade: Perspicácia
Um defeito: Cólera



Frases e Ditados


Olho por olho, dente por dente.

“O primeiro beijo não é dado com a boca, mas com os olhos.”
—O. K. Bernhardt





Can't Take My Eyes Off You
Jersey Boys
(Bob Gaudio)


“Te tocar seria como tocar o paraíso
Quero tanto te abraçar
Finalmente o amor chegou
E agradeço a Deus que estou vivo
É bom demais para ser verdade
Não posso tirar meus olhos de você”

Jersey Boys é o musical que conta a história do quarteto musical The Four Seasons, quatro jovens ítalo-americanos de Nova Jersey que emplacaram diversos hits nas paradas dos anos 60. Maior sucesso da Broadway de 2005, o musical ganhou 4 Tonys, incluindo o de melhor musical. A produção encerrou em janeiro de 2017, completando quase 12 anos em cartaz. Can’t Take My Eyes Off You foi um dos maiores sucessos da carreira solo de Frankie Valli, vocalista principal da banda, composto por Gaudio, também membro dos Four Seasons que compunha todas as canções. Em 2014 a sua versão para o cinema dirigida por Clint Eastwood passou praticamente despercebida pelo público.




“Quando sou boa, sou ótima. Mas quando sou má sou melhor ainda.”
—Mae West

A vingança é um prato que se come frio.




Carrie – A Estranha é um sucesso do cinema dos anos 70 que deu fama a Sissy Spacek e revelou John Travolta e Amy Irving. Em 1987 foi adaptado para os palcos com canções de Dean Pitchford e Michael Gore, e é considerado um maiores fracassos já produzidos na Broadway. Adaptado do romance de Stephen King, a história fala sobre uma adolescente desajeitada com poderes telecinéticos cuja vida solitária é dominada por uma mãe fanática religiosa opressiva. Quando ela é humilhada por seus colegas de classe no baile de formatura, ela promove sua vingança sangrenta.



“The Destruction”
Carrie
(Gore/Pitchford)


“Eles vão zombar de você
Eles vão partir seu coração,
Então eles vão rir de você,
Vendo você desmoronar”



Antes só do que mal acompanhado.

“Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.”
—Clarice Lispector




“Magic”
Xanadu
(Farrar/Lynne)


“Pegue a minha mão
Você deveria me conhecer
Eu sempre estive em sua mente
Você sabe que eu vou ser gentil
Eu vou te guiar”

Depois de Grease, Olivia Newton-John se estabeleceu como nome forte no cinema também, além da música. Seu próximo filme foi Xanadu, um  musical com um fantasioso enredo sobre uma rollerdisco (discoteca com patins), com trilha sonora composta por Jeff Lynne, da banda de rock Eletric Light Orchestra, e John Farrar. Apesar do sucesso da trilha sonora, o filme foi um fracasso de público e crítica, e inspirou a criação do Framboesa de Ouro, premiação dos piores filmes do ano, que perdura até hoje. Com o tempo o filme acabou se tornando cult, e ganhando uma versão na Broadway em 2007, conquistando sucesso e várias indicações ao Tony.






Sources:
playbill.com | personare.com | euroresidentes.com | meuastrolabio.blogspot.com | wikipedia.org
vidaeestilo.terra.com.br | vagalume.com.br | wattpad.com | altoastral.com.br | wemystic.com.br
baudalola.com | perguntascretinas.com.br | thoughtcatalog.com | thezodiaccity.com





VITOR FERREIRA é ator com mestrado em "Motion Pictures and Television" pela Academy of Art University, em São Francisco/CA e designer gráfico formado pela UFPE. Vive atualmente em São Paulo.

Currículo e vídeo book: http://vffvitor.wixsite.com/ator
Portfólio de design: http://vffvitor.wixsite.com/portfolio

Nenhum comentário:

Postar um comentário