sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Indicados ao Oscar, Globo de Ouro e Critics' Choice 2013

Enfim o Oscar anunciou seus indicados, e acabaram-se as expectativas de quem foi indicado e as ilusões de quem achava que poderia ser indicado a prêmios esse ano. There is always next year...
Os anúncios foram feitos com novidades, sem presidente da Academia dessa vez e com o futuro apresentador Seth MacFarlane fazendo muita piada sem graça (com exceção da piada dos atores coadjuvantes, todos previamente premiados) e já mostrando que o Oscar desse ano vai ser mais do mesmo... E ainda anunciaram ao vivo os indicados a canção, o que nunca acontecia antes, provavelmente porque Seth escreveu a música de Ted e vai concorrer também além de apresentar o evento. Anunciando junto a ele, Emma Stone, loura, magra demais, e sem graça. Queremos a ruivinha de A Mentira de volta...
Coloco abaixo quadros comparando as principais categorias (e as que gosto de comentar) em comum das 3 principais premiações da época. O Oscar, que será entregue dia 24/2, o Globo de Ouro, que será entregue este domingo, dia 13/1, e o Critics' Choice, o primeiro deles, entre hoje à noite.


Melhor Filme

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Argo
D
R
A
M
A
Argo
Argo
Lincoln
Lincoln
Lincoln
A Hora Mais Escura
(Zero Dark Thirty)
A Hora Mais Escura
A Hora Mais Escura
Django Livre
(Django Unchained)
Django Livre
Django Livre
As Aventuras de Pi
(Life of Pi)
As Aventuras de Pi
As Aventuras de  Pi
Os Miseráveis
(Les Miserábles)
C
O
M
É
D
I
A
/
M
U
S
I
C
A
L
Os Miseráveis
Os Miseráveis
O Lado Bom da Vida
(Silver Linings Playbook)
O Lado Bom da Vida
O Lado Bom da Vida
Indomável Sonhadora
(Beasts of The
Southern Wild)
O Exótico Hotel Marigold (The Best Exotic Marigold Hotel)
Indomável Sonhadora
Amor (Amour)
Moonrise Kingdom
Moonrise Kingdom
Amor Impossível
(Salmon Fishing
in the Yemen)
O Mestre
(The Master)

Em resumo, com uma ou outra exceção, todos apertam nas mesmas teclas. O Globo de Ouro, que divide seus indicados por gênero, acaba lembrando de umas pseudo-comédias, que não são lembrados pelos demais eventos, e deixando de fora alguns dramas "badalados".

Melhor Diretor

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Steven Spielberg
Lincoln
Steven Spielberg
Lincoln
Steven Spielberg
Lincoln
Ang Lee
As Aventuras de Pi
Ang Lee
As Aventuras de Pi
Ang Lee
As Aventuras de Pi
David O. Russell
O Lado Bom da Vida
Quentin Tarantino
Django Livre
David O. Russell
O Lado Bom da Vida
Michael Haneke
Amor
Kathryn Bigelow
A Hora Mais Escura
Kathryn Bigelow
A Hora Mais Escura
Benh Zeitlin
Indomável Sonhadora
Ben Affleck
Argo
Ben Affleck
Argo
Tom Hooper
Os Miseráveis

Spielberg pode soltar um pum filmado que todo mundo indica; Ang Lee, maravilhoso (quase) sempre; Russell se redimindo depois de O Vencedor, aquela novela mexicana disfarçada.
Por incrível que pareça, o Oscar foi o único que saiu de Hollywod, ignorando Tarantino, Ben Affleck e a Bigelow, e trouxe duas surpresas: Haneke, que já é reconhecido e aclamado mundo afora; e Zeitlin, em seu primeiro filme.


Melhor Ator

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Daniel Day-Lewis
Lincoln
D
R
A
M
A
Daniel Day-Lewis
Lincoln
Daniel Day-Lewis
Lincoln
Joaquin Phoenix
O Mestre
Joaquin Phoenix
O Mestre
Joaquin Phoenix
O Mestre
Denzel Washington
O Vôo
Denzel Washington
O Vôo
Denzel Washington
O Vôo
John Hawkes
As Sessões
John Hawkes
As Sessões
Richard Gere
A Negociação
Bradley Cooper
O Lado Bom da Vida
C
O
M
É
D
I
A
/
M
U
S
I
C
A
L
Bradley Cooper
O Lado Bom da Vida
Bradley Cooper
O Lado Bom da Vida
Hugh Jackman
Os Miseráveis
Hugh Jackman
Os Miseráveis
Hugh Jackman
Os Miseráveis
Jack Black
Bernie
Bill Murray
Um Fim de Semana em Hyde Park
Ewan McGregor
Amor Impossível


Os 5 do Oscar são unanimidade em tdas as premiações. John Hawkes deve ter estado muito perto também da indicação. DDL é um ótimo ator, isso ninguém discute. Provavelmente será o vencedor desse ano das premiações, mas ele que me desculpe, mas esse filme é um saco. Quero de volta o DDL de filmes ótimos, como Meu Pé Esquerdo, Em Nome do Pai e My Beautiful Laundrette. Denzel, assim como DDL, já ganhou duas vezes, mas creio que veio pra fazer número dessa vez.
Joaquin Phoenix que se queimou e parecia que ia sumir no ostracismo depois daquela bobagem que foi seu filme anterior, deu a volta por cima, mas tá fazendo o Sean Penn anos 90, e esnobando as premiações, mesmo sendo indicado. Será que ele vai comparecer?
Meus favoritos são Bradley Cooper, finalmente mostrando serviço depois de 10 anos de comédias medíocres, com raras exceções, e Hugh Jackman, comprovando que, por mais que ele não queira, a praia dele é mesmo musicais e ele nasceu pra ser showman. Numa época onde não existem mais Gene Kellys e Fred Astaires no cinema hollywoodiano, ele é o mais próximo que temos disso.

Melhor Atriz

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Jessica Chastain
A Hora Mais Escura
D
R
A
M
A
Jessica Chastain
A Hora Mais Escura
Jessica Chastain
A Hora Mais Escura
Quvenzhané Wallis
Indomável Sonhadora
Rachel Weis
The Deep Blue Sea
Quvenzhané Wallis
Indomável Sonhadora
Emmanuelle Riva
Amor
Helen Mirren
Hitchcock
Emmanuelle Riva
Amor
Marion Cotillard
Ferrugem e Osso
Marion Cotillard
Ferrugem e Osso
Naomi Watts
O Impossível
Naomi Watts
O Impossível
Naomi Watts
O Impossível
Jennifer Lawrence
O Lado Bom da Vida
C
O
M
É
D
I
A
/
M
U
S
I
C
A
L
Jennifer Lawrence
O Lado Bom da Vida
Jennifer Lawrence
O Lado Bom da Vida
Judi Dench
O Exótico Hotel Marigold
Maggie Smith
Quartet
Meryl Streep
Um Divã Para Dois
Emily Blunt
Amor Impossível


Essa foi uma categoria bem mais dividida que a masculina.
O Globo de Ouro faz uns 12 anos, desde o piti de Haley Joel Osment (O Sexto Sentido) quando perdeu pro Tom Cruise, que ignora crianças em filmes. Enquanto isso o Oscar gosta sempre de lembrá-las. Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine), Sairse Ronan (Atonement), Keisha Castle Hughes (A Encantadora de Baleias). A bola da vez é a lindinha e adorável menina Quveoijkdjafdajiulegfbeyoncé Wallis, com 9 anos de idade, sendo a recordista de mais jovem indicada.
Sinceramente? Sou contra indicar criança. Criança não tem maturidade e consciência do ofício. Elas não estudam roteiro, desconstroem cenas, analisam comportamentos e compõem personagem. Não é um trabalho de um ator devidamente. Elas não têm bagagem para isso. Elas marionetes de diretor. Decoram as falas e fazem o que lhe pedem. Não entendo esse fascínio da Academia por indicar criança.
E o interessante que a enquanto a Academia adora indicar criança, eles desprezam adolescentes (o que não é difícil...). E mesmo quando um filme adolescente decente surge, como ocorreu esse ano, eles fazem de conta que não viram.

Jessica Chastain e Jennifer Lawrence aparentemente estão na dianteira.

Melhor Ator Coadjuvante

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Tommy Lee Jones
Lincoln
Tommy Lee Jones
Lincoln
Tommy Lee Jones
Lincoln
Alan Arkin
Argo
Alan Arkin
Argo
Alan Arkin
Argo
Philip Seymour Hoffman
O Mestre
Philip Seymour Hoffman
O Mestre
Philip Seymour Hoffman
O Mestre
Christoph Waltz
Django Livre
Christoph Waltz
Django Livre
Javier Bardem
007 - Operação Skyfall
Robert De Niro
O Lado Bom da Vida
Leonardo DiCaprio
Django Livre
Robert De Niro
O Lado Bom da Vida
Matthew McConaughey
Magic Mike


Leonardo DiCaprio, a Academia não vai mesmo com a sua cara. Nem indicação tu consegues mais. Alan Arkin, figurante de luxo em Argo, colhendo os frutos da campanha de marketing agressiva da sua distribuidora. Christoph Waltz volta ao Oscar com o mesmo papel que lhe deu sua primeira indicação (e vitória), só que ao invés de nazista ele é abolicionista dessa vez. Pulou da direita para a esquerda.
Tommy Lee Jones sendo recompensado por ter que usar aquela peruca ridícula em público e Robert De Niro que não é indicado tem uns 20 anos já, acho. Philip Seymour Hoffman mostra que tem prestígio com os colegas, a contrário do DiCaprio. Javier Barden estava ali, rondando, mas blockbuster é normalmente considerado um filme menor, não merecedor de louros, e acabou ficando de fora.
Coloquei isoladinho ali, na última fila, o sexto indicado do Critics' Choice. Só pode ser piada...

Melhor Atriz Coadjuvante

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Sally Field
Lincoln
Sally Field
Lincoln
Sally Field
Lincoln
Amy Adams
O Mestre
Amy Adams
O Mestre
Amy Adams
O Mestre
Anne Hathaway
Os Miseráveis
Anne Hathaway
Os Miseráveis
Anne Hathaway
Os Miseráveis
Helen Hunt
As Sessões
Helen Hunt
As Sessões
Helen Hunt
As Sessões
Jacki Weaver
O Lado Bom da Vida
Nicole Kidman
The Paperboy
Ann Dowd
Compliance
Judi Dench
007 - Operação Skyfall

Assim como nas demais categorias, essa também tinha 4 unanimidades e uma rotativa. Tudo parecia que a quinta seria Nicole Kidman (que foi indicada também ao prêmio do sindicato os atores), mas o Oscar resolveu indicar a australiana Jacki Weaver, que não tem lá grandes momentos ou destaque em O Lado Bom da Vida (ô tradução tosca...), acho que por consolação por ter perdido pra Melissa Leo há dois anos atrás.
Amy Adams é, tipo, indicada todo ano, mas sempre é do fundo do busão. Tomara que ainda continue lá no fundão dessa vez também. E como Lincoln é a menina dos olhos, Sally Field pode ser a vitoriosa. Ela já ganhou duas vezes, e seu histriônico segundo discurso (You like me, you like meeeee!!!) é clássico e motivo de chacota até hoje. Inclusive por ela mesma, sempre bem humorada. Se ela vencesse, pra mim só teria graça se ela tirasse sarro de si mesma.
Minha favoritas são Helen Hunt e Anne Hathaway. Ambas brilhantes em seus papéis. Helen Hunt é chata e já ganhou. Talvez tudo isso influencie e ela não leve. Anne, por sua vez, é muito querida e sempre esforçada.


Melhor Roteiro

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
A
D
A
P
T
A
D
O
As Aventuras de Pi
A
D
A
P
T
A
D
O
As Aventuras de Pi
Indomável Sonhadora
As Vantagens de Ser Invisível
O Lado Bom da Vida
O Lado Bom da Vida
O Lado Bom da Vida
Argo
Argo
Argo
Lincoln
Lincoln
Lincoln
O
R
I
G
I
N
A
L
Django Livre
Django Livre
O
R
I
G
I
N
A
L
Django Livre
A Hora Mais Escura
A Hora Mais Escura
A Hora Mais Escura
Moonrise Kingdom
Moonrise Kingdom
O Vôo
O Vôo
Amor
Looper
O Mestre

Engraçado que na categria de roteiro o Globo de Ouro não divide em dois prêmios, como a demais premiações. Mas dá pra ver que as intersessões são muitas. Amor e Indomável Sonhadora são novidades que só o Oscar lembrou (inclusive em muitas outras categorias). Única premiação que lembrou, de leve, meu querido As Vantagens de Ser Invisível foi o Critics' Choice, que certamente vai perder pra Lincoln. Jamais perderiam a chance de premiar Tony Kushner.
O Kushner que vá me deculpar, mas Lincoln não chega aos pés de Angels in America.

Melhor Filme Estrangeiro

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Amor (Áustria)
Amor (Áustria)
Amor (Áustria)
O Amante da Rainha (Dinamarca)
O Amante da Rainha (Dinamarca)
O Amante da Rainha (Dinamarca)
Kon-Tiki (Noruega)
Kon-Tiki (Noruega)
War Witch (Canadá)
Intocavéis (França)
Intocavéis (França)
No (Chile)
Ferrugem e Osso (França)
Ferrugem e Osso (França)

Desde que Central do Brasil perdeu, Cidade de Deus ficou de fora, e mandaram o filme do Zezé e depois o do Lula pra nos representar, perdi totalmente as expectativas em ver o Brasil indicado nessa categoria. Quanto mais ganhar. E a barbada esse ano parece ser Amor. Até indicado a Melhor Filme ele foi. E ainda levou a Palma de Ouro em Cannes. Como essa é uma categoria imprevisível, vale ficar com um pezinho atrás. É só lembrar dos azarões japonês, argentino e sul-africanos de muito recentemente.
Numa nota a parte, fiquei feliz pelo filme chileno estrelado por Gael Garcia Bernal ter sido indicado.


Melhor Animação

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Valente
Valente
Valente
Frankenweenie
Frankenweenie
Frankenweenie
Detona Ralph
Detona Ralph
Detona Ralph
ParaNorman
Hotel Transilvânia
ParaNorman
Piratas Pirados!
A Origem dos Guardiões
A Origem dos Guardiões
Magdagascar 3

Não vi nenhuma, nem tenho como comentar...


Melhor Canção Original

Oscar
Globo de Ouro
Critics Choice
Skyfall (Adele)
007 - Operação Skyfall
Skyfall (Adele)
007 - Operação Skyfall
Skyfall (Adele)
007 - Operação Skyfall
Suddenly (Hugh Jackman)
Os Miseráveis
Suddenly (Hugh Jackman)
Os Miseráveis
Suddenly (Hugh Jackman)
Os Miseráveis
Before My Time (Scarlet Johansson)
Chasing Ice
Safe and Sound (Taylor Swift)
Jogos Vorazes
Still Alive (Paul Williams)
Still Alive
Everybody Needs A Best Friend (Norah Jones)
Ted
Not Running Anymore (Jon Bon Jovi)
Amigos Inseparáveis
Learn Me Right (Birdy e Mumford & Sons)
Brave
Pi's Lullaby (Bombay Jayashri)
As Aventuras de Pi
For You (Keith Urban)
Ato de Coragem
For You (Keith Urban)
Ato de Coragem

Essa é uma categoria que eu gosto muito, mas que tem tempos que não vem tendo a mesma popularidade que tinha até os anos 80 e meados dos 90. No anos 80, por exemplo, hits das paradas de sucesso eram freqüentemente canções de filmes de artistas populares da época. Dirty Dancing, Footloose, Flashdance, Fama, Top Gun e A Dama de Vermelho, são exemplos dessa época. Os anos 90, no entanto foi tomado pela Disney e seus desenhos nos moldes da Broadway. E o último grande hit do cinema, que levou Oscar foi My Heart Will Go On de Titanic, há 15 anos atrás. Talvez tenha sido a overdose de Celine Dion que fez os estúdio pararem de investir na categoria. Beyncé até tentou com Listen, mas não rolou.
O Globo de Ouro ainda continua com o costume de indicar artistas populares, mesmo que com canções menores deles, que não vão muito longe em popularidade, como ocorreu recentemente com Madonna, Mick Jagger, Lady Gaga, Elton John, etc., mas o Oscar tem indicado canções bem ruins e obscuras.Só lembrar o boicote a Bruce Springsteen, premiando em seguida aquela esquisita canção indiana em 2009. E tem outra indiana esse ano, inclusive em língua tâmil. Gentilezas em troca da ajuda indiana no auge da crise. Agora vejam só se premiaram Rio ano passado...
Esse ano a Academia resolveu fazer algo diferente. Relembrando os velhos tempos, trouxeram duas prodígios vencedoras do Grammy e aclamadas pelo público e crítica. Norah Jones e Adele. Indicaram também a velha canção de musical da Broaway escrita especialmente pra levar essa indicação, como fizeram em Chicago, Dreamgirls, Evita, O Fantasma da Ópera, etc. Sweeney Todd e Hairspray tentaram, mas não rolou. E como não pode deixar a tendência atual passar tão rápido, vai ter Scarlet Johansson entoando sentinela pra adormecer a audiência.
Minha torcida? As de Os Miseráveis ou Ted (aquele filme do ursinho maconheiro que causou polêmica no Brasil). Mas eu tenho quase certeza que Adele vai ganhar. Por dois simples motivos:

1) Ela está concorrendo com Skyfall, uma canção de 007. Sabe-se que todo filme da cinquentona franquia  tem uma música tema entoada por um artista pop em voga da época. E desde 1982, com a Sheena Easton (que Deus a tenha...) gritando For Your Eyes Only, que um tema de James Bond  não é indicado. A Academia não vai perder a chance de premiar esse ícone.

Todo mundo acha James Bond um charme, mas cá entre nós, imaginem só uma mulher com o mesmo comportamento dele. O mínimo que a chamariam era de puta. E ele não passa de um Rambo de terno e gravata. Tão bélico, armamentista, fascista, machista, misógino, racista, homofóbico, etc., quanto o outro troglodita brutamontes.

2) É Adele... Tá na moda premiá-la, e idolatrá-la. É chique... Ela certamente tem seus encantos, mas ela virou tão pop e unanimidade que eu tomei abuso. Não ouço mais rádio porque 5 músicas dela tocam a cada hora. Em quase todas as estações. E é sempre aquela dor de cotovelo. Ela, tipo, está para Joni Mitchell como as Spice Girls estão para as Supremes.
No final das contas ela é tão produto de mercado quanto qualquer Katy Perry ou Rihanna, com escalas de talento diferenciadas, obviamente. O defeito dela é esse. Não consigo achá-la fantástica, como Amy Winehouse foi, mas a apreciaria mais se ela não tocasse TANTO e tanta gente lesada curtisse dizendo que suas músicas são as músicas de suas vidas. Talvez no futuro, depois de um tempo sem ouvir, eu escute e reconheça mais qualidades.


Para conferir os demais indicados visitem:

Oscar
Globo de Ouro
Critics' Choice Awards

Um comentário:

  1. vitorrrrr

    vim aqui atras do post dos babados de ontem, cade a foto da quedaaaa kkkkkk estou no aguardo do post do oscar. Beijosss

    ResponderExcluir