quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Indicados ao Globo de Ouro 2012


Depois de séculos sem postar, volto para compartilhar os indicados ao Globo de Ouro 2012. Já vi vários deles e vou tentar postar meus comentários nesses período de um mês que antecede a premiação. Eis eles:


Melhor Filme - Drama
Os Descendentes (The Descendants)
Histórias Cruzadas (The Help)
Hugo
Tudo Pelo Poder (The Ides of March)
O Homem Que Mudou o Jogo (Moneyball)
Cavalo de Guerra (War Horse)


The Descendants e The Help (Título nacional péssimo) são excelentes. Meus favoritos até aqui. Moneyball (Sério! Quem escolhe esses títulos brasileiros???) é bom, mas é meio drama esportivo enlatado. Tudo Pelo Poder me pareceu drama político aspirante mal sucedido a Hollywood anos 70 (Todos os Homens do Presidente, e tal...). War Horse e Hugo ainda não vi, mas me parecem ser ótimos. Senti falta de Extremely Close & Incredebly Loud. Ainda não vi, mas adoro tudo que o Stephen Daldry fez e o trailer ao som de U2 é enfeitiçante.



Melhor Filme - Musical ou Comédia
The Artist
Missão Madrinha de Casamento (Bridesmaids)
50% (50/50)
Meia-Noite em Paris (Midnight in Paris)
My Week With Marilyn


Midnight in Paris me parece ser o melhor deles. É soberbo. Woody Allen no auge da inspiração. My Week With Marilyn é ótimo, mas é tão comédia quanto O Direito de Nascer. Bridesmaids estava engraçado até as protagonistas terem infecção intestinal com comida brasileira... The Artist me parece muito bom e ouvi coisas boas de 50/50, mas não tive curiosidade de ver, sinceramente.



Melhor Ator (Drama)
George Clooney (Os Descendentes)
Leonardo DiCaprio (J. Edgar)
Michael Fassbender (Shame)
Ryan Gosling (Tudo Pelo Poder)
Brad Pitt (O Homem Que Mudou o Jogo)


O único que não vi foi Shame. Os outros 4 eram mais que óbvio pra mim que estariam nesta lista, apesar de eu não saber se o Ryan Gosling seria indicado por esse ou por Drive. George Clooney aparentemente é o favorito. J. Edgar é bom, bem superior a quase tudo que o Clint faz, mas poderia ser melhor. Tanto que DiCaprio foi o único do filme a receber indicação. Brad Pitt cada dia mais Robert Redford.



Melhor Atriz (Drama)
Glenn Close (Albert Nobbs)
Viola Davis (Histórias Cruzadas)
Rooney Mara (Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres)
Meryl Streep (The Iron Lady)
Tilda Swinton (Precisamos Falar Sobre o Kevin)


Já dessas só pude conferir a Viola, que é magistral sempre. Rooney Mara me parece confete demais, só por causa da transformação física. Ainda mais num remake, e em que praticamente nada foi mudado do original. Glenn e Meryl já não precisam provar mais nada a ninguém, e Tilda mora no meu coração sem pagar aluguel. Qualquer uma (menos a Rooney) vencendo, ficarei feliz.



Melhor Ator (Musical ou Comédia)
Jean Dujardin (The Artist)
Brendan Gleeson (O Guarda)
Joseph Gordon-Levitt (50%)
Ryan Gosling (Amor a Toda Prova)
Owen Wilson (Meia-Noite em Paris)


Acredito que esse prêmio é do Jean Dujardin (de quem nunca ouvi falar) ou do Ryan Gosling, apesar do filme ser muito ruim, e ele fazer o mesmo papel que o Will Smith já fez em Hitch - Conselheiro Amoroso, outra bomba. O Owen Wilson (por quem eu não nutro simpatia) fez o melhor filme da sua vida em Meia-Noite. Joseph Gordon-Levitt ainda não fez nada que se comparasse a Mysterious Skin. O Brendan é uma incógnita. Mas gostei dele com o Colin Farrell em In Bruges.



Melhor Atriz (Musical ou Comédia)
Jodie Foster (Carnage)
Charlize Theron (Young Adult)
Kristen Wiig (Missão Madrinha de Casamento)
Michelle Williams (My Week With Marilyn)
Kate Winslet (Carnage)


Carnage fez tanto sucesso na Broadway (não é um musical) e tem um elenco tão bom, e é dirigido pelo Polanski, acreditei que chegaria nas cabeças dessa época de premiações. Acho que por ser bem minimalista, com apenas um cenário, e ser relativamente curto (uns 80 minutos no máximo), ele não se enquadra no perfil das premiações, que gostam de epopéias intermináveis, vide Titanic, Os Poderosos Chefões, O Senhor dos Anéis, ...E o Vento Levou, Ben Hur, Forrest Gump, entre (diversos) outros. Mas mesmo assim já é bom ver Jodie e Kate na lista. Charlize está ótima no mediano e embaraçoso Young Adult. Michelle deveria estar na lista de drama no lugar da Rooney. Acho que só entrou nessa categoria para finalmente levar seu prêmio para casa. Kristen está bem, mas nada altamente memorável.



Melhor Ator Coadjuvante
Kenneth Branagh (My Week With Marilyn)
Albert Brooks (Drive)
Jonah Hill (O Homem Que Mudou o Jogo)
Viggo Mortensen (Um Método Perigoso)
Christopher Plummer (Toda Forma de Amor)


A HFPA adora indicar estrelas e figuras carismáticas, tipo Julia Roberts, Madonna e Tom Cruise, acho que para povoar o recinto de celebridades reconhecíveis. Só isso explica Jonah Hill na lista, já que o filme é todo do Brad Pitt. O ótimo Christopher Plummer está agora colhendo os frutos dos tempos áureos de galã há 30-40 anos atrás, e o insuportável Kenneth Branagh faz brilhantemente um insuportável Laurence Olivier que atormenta a pobre da Marilyn. Os outros dois ainda preciso conferir. A ausência ficou com o Andrew Serkis, por O Planeta dos Macacos.



Melhor Atriz Coadjuvante
Bérénice Bejo (The Artist)
Jessica Chastain (Histórias Cruzadas)
Janet McTeer (Albert Nobbs)
Octavia Spencer (Histórias Cruzadas)
Shailene Woodley (Os Descendentes)


As 3 que já conferi são ótimas, mas o prêmio é todo da Octavia. Jessica Chastain brilha como a "blonde bimbo white-trash" em The Help e Shailene faz muito bem a filha "aborrescente" do George Clooney.



Melhor Diretor
Woody Allen (Meia-Noite em Paris)
George Clooney (Tudo pelo Poder)
Michel Hazanavicius (The Artist)
Alexander Payne (Os Descendentes)
Martin Scorsese (Hugo)

Já que esqueceram do Steven Daldry, eu votaria no Woody. Mas ver um desconhecido como o Hazanavicius vencendo seria bem interessante. Scorsese é sempre bom, mesmo nos seus pontos baixos. Preciso ver Hugo.



Melhor Roteiro
The Artist
Os Descendentes (The Descendants)
Tudo Pelo Poder (The Ides of March)
Meia-Noite em Paris (Midnight in Paris)
O Homem que Mudou o Jogo (Moneyball)

Apesar de eu discordar muito dessa lista, ela é compreensível, mas Moneyball estar presente é forçar demais a barra... Dentre esses, fico entre Os Descendentes e Meia-Noite em Paris. Preciso ver The Artist..



Melhor Canção
Lay Your Head Down (Albert Nobbs)
by Sinéad O'Connor
Hello Hello (Gnomeu e Julieta)
by Lady Gaga & Elton John
The Living Proof (Histórias Cruzadas)
by Mary J. Blige
The Keeper (Redenção)
by Chris Cornell
Masterpiece (W.E. - O Romance do Século)
by Madonna

Como eu disse antes, estrelas não poderiam faltar, e só nessa categoria já garantiram Elton John, Lady Gaga e Madonna, que não poderia ficar de fora da festa e emplacou ao menos as músicas do seu filme WE. O tema mela-cueca da Mary J. Blige (à la Celine Dion 90's) arruina a cena final de The Help. Sinéad saiu da tumba, depois de ter rasgado a foto do Papa há... hmmm, 20 anos atrás? Isso que eu chamo de castigo divino... E o Chris Cornell dá o tom indie à categoria.



Melhor Trilha Sonora
The Artist
Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres
Hugo
Cavalo de Guerra
W.E. - O Romance do Século

Tô por fora de todas elas. Preciso escutar para opinar. Num chute, acho que Cavalo de Guerra pode levar.



Melhor Animação
As Aventuras de Tintim: O Secredo do Licorne
Operação Presente
Carros 2
Gato de Botas
Rango

Ai, que lista mais brochante! Tintin deve ser maravilhoso, apesar de eu preferir a animação 2D tradicional, mas o que fazem nessa lista Carros 2? Gato de Botas? Rango? E cadê Rio?



Melhor Filme Estrangeiro
Jin Líng Shí San Chai (China)
In The Land of Blood and Honey (EUA)
O Garoto de Bicicleta (Bélgica)
A Separação (Irã)
A Pele que Habito (Espanha)

Mais uma estrela que não poderia ficar de fora: Angelina Jolie emplaca seu filme falado em bósnio (em meio ao escândalo de suposto plágio). Mas Almodovar com seu A Pele que Habito parece ser o favorito, apesar de essa ser uma categoria de zebras constantes.


Para ver a lista completa, com os indicados de TV também, clique aqui.