domingo, 12 de dezembro de 2010

Seção CINEMA // Meus 50 Momentos Musicais Favoritos de Hollywood! (Parte 1)

Vendo e revendo filmes, me veio a idéia de criar uma lista dos meus momentos musicais preferidos dos filmes de Hollywood. Não diria do cinema, porque seria restringí-lo a produções americanas, voltada à consumação em massa. Esses momentos são muito mais do que a música em si, ou o filme especificamente. Às vezes é uma boa cena de um filme não tão bom. Acontece sempre. E lembro que como toda lista, essa também é pessoal, então algumas cenas bem desconhecidas podem aparecer e outras bem famosas podem ficar de fora. Tudo baseado em como essas cenas me afeta(ra)m.

Quando fui fazer a lista, vi que, obviamente, diversas listas como essa já existem, e foi difícil escolher. Tanto que o número da lista foi aumentando e eu cheguei a 50. Mais do que isso seria mais exagero do que já é. Evidentemente que devo ter esquecido de algumas cenas, outras eu desconheço, mas baseado que vi e vivi até hoje, dividida em 5 partes, eis a minha lista:

Parte 1
50 - 41


50. Dear You // Sete Minutos no Paraíso (Seven Minutes in Heaven)

Ai, me deixa! Eu vi esse filme criança e adorei. Um dos primeiros filmes da Jennifer Connelly, que era linda, é linda e vai morrer linda, a condenada. Até hoje a música me passa pela cabeça. Mas nunca lançaram o filme em DVD, nem se encontra as músicas pra download. Passa de vez em quando na TNT. Adoro a cena, que não tem nada de especial, mais por pura nostalgia e adoro ver as folhas de outono.



49. Philadelphia // Filadélfia (Philadelphia)


Um dos primeiros filmes a tratar abertamente sobre a AIDS, sobre direitos civis e a luta contra o preconceito. É a última cena do filme, pode ser meio spoiler, apesar de não acontecer mais nada de realmente relevante para a história, mas é linda e a música do Neil Young é pura sutileza.




48. Everybody's Talking // Perdidos na Noite (Midnight Cowboy)

Um filme amargo sobre um rapaz ingênuo do interior que vai pra NY querendo ser gigolô. Pela sinopse, ninguém imaginaria um filme vencedor do Oscar, mas é um grande filme. Dizem que traz uma mensagem subliminar gay, mas eu não percebi. A música é logo na primeira cena, e é icônica até hoje.




47. Living Inside My Heart // Sobre Ontem À Noite... (About Last Night...)

Outros desses momentos que só são mesmo “importantes” pra mim. Adoro, acho lindo, poético, assim como o filme. A voz do Bob Seger é revigorante. E a dupla protagonista (Demi Moore e Rob Lowe) até hoje se mantém linda e ativa no mercado.




46. Welcome To The 60's // Hairspray


Pra mim é o ponto auge do filme. A música mais pegajosa, e, junto com a cena da passeata da Queen Latifah, a que mais resume o enredo. O filme consegue manter esse ritmo durante toda a projeção. Eis seu trunfo.




45. Year Of The Cat // Correndo Com Tesouras (Running With Scissors)

Aqui nos EUA o pessoal não gosta muito do filme. Dizem que o livro é bem superior. Eu nunca li. E também não vou mentir que não vou ler... E adoro o filme. E essa é a melhor cena dele, ao som de Al Stewart.




44. I’ve Had The Time of My Life // Dirty Dancing - Ritmo Quente (Dirty -----Dancing)

Clássico dos pseudo-clássicos, reina soberano na Sessão da tarde. A música tema já virou hino faz tempo. Brega da primeira à última nota, e do primeiro ao último frame, mas empolgante.



43. I Love To Boogie // Billy Elliot

É difícil de dizer o que Billy Elliot tem de melhor. Tudo funciona, tudo é perfeito. A trilha sonora é um primor, como esses clássicos pop dos anos 70/80. E essa canção do T-Rex é um dos momentos que nos fazem pelo menos bater o pezinho durante o filme. A parte que mais gosto é da avó fazendo as poses, a bichinha...




42. Never // Footloose - Ritmo Louco (Footloose)


Footloose é um dos meus muitos “guilty pleasures”. O filme se sustenta mais por conseguir criar boas cenas musicais, que nos deixam esperando pela próxima, o que compensa o restante que é bem mediano. Essa cena é uma das primeiras coisas que me vem a mente sobre o filme, apesar de não ser nem de longe uma das músicas mais conhecidas da trilha sonora. Adoro especialmente o trecho do refrão, entre 1:22 e 1:29.




41. Save Me // Magnólia (Magnolia)

Depressão, teu nome é Magnólia. A música da Aimee Mann toca na cena final, mas não é exatamente um spoiler. É só um retrato da situação, mas nada de fato acontece na cena, a música fala por si só.


Parte 1Parte 2Parte 3Parte 4Bônus Parte 5 (final)


3 comentários:

  1. Eu sempre tive vontade de fazer uma paródia de Never!
    Com o Leslie Nielsen seria animal!

    ResponderExcluir
  2. Leslie Nielsen agora tá difícil. Mas você pode tentar o Didi...

    ResponderExcluir
  3. Adorei!!! Tb adoro Billy Elliot, Cawboy da meia-noite e Filadelfia!!!
    Pq vc nao faz um cadastro la no filmow? Entra nesse link e veja meu perfil. É um site viciante!

    http://filmow.com/usuario/asnalfa/

    ResponderExcluir