segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Seção CINEMA // Globo de Ouro e Critics' Choice Award 2010


Ontem foi dia de Globo de Ouro, sexta foi o Critics’ Choice, e eu sempre discordo dos resultados. Sempre torço pros “underdogs”, com exceção do ano passado, que eu torcia pra Benjamin Button, justamente quando ganhou um underdog. Um Slumdog, na verdade. Vai entender.

E como deu pra perceber, esse ano não há favoritos e o Globo de Ouro e o Critics’ Choice discordaram nos seus prêmios. Um escolheu Guerra ao Terror e o outro Avatar. Nenhum dos dois são obras primas, mesmo que sejam bem intencionados. Aliás, Guerra ao Terror não deixa de ser meio ambíguo também. Só revendo como mais atenção pra tirar conclusões melhores. Not gonna happen though...

Enfim, meus favoritos raramente vencem, os resultados também raramente surpreendem, e esse ano o júri provou estar ficando cada vez mais a favor de cine Pipoca mesmo. Só sucessos de público (que nunca foi sinônimo de qualidade) e grandes artistas levando. E como eu aprendi a não dar muita importância a essas coisas, e já passei da fase de ir dormir frustrado com os resultados (ainda bem, porque era péssimo), eu assisto mais pra me divertir e ter registro histórico mesmo, vou agora fazer meus comentários a respeito dos prêmios:


Globo de Ouro

Melhor Filme Drama
Avatar
Sabe que pra mim qualquer coisa que ganhasse de Guerra Ao Terror já tava valendo. Mas a superioridade de Preciosa e Bastardos Inglórios é indiscutível. Tarantino realmente é muito mal reconhecido. Só acho que ele perdeu a mão no final do roteiro.

Perdedores arrasados:
Guerra Ao Terror (The Hurt Locker), Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds), Preciosa (Precious: Based On The Novel Push By Sapphire), Amor Sem Escalas (Up In The Air).


Melhor Atriz Drama
Sandra Bullock (The Blind Side)

Cada dia que passa eu acho mais que a Sandra não precisa desses prêmios. Juro que passei o dia torcendo internamente pela Carey Mulligan, mas a torcida real e declarada mesmo era pela Gaborey. Ainda acho que foi uma oportunidade única de se prestigiar essa menina e jogaram fora.

Perdedoras arrasadas:
Emily Blunt (The Young Victoria), Helen Mirren (The Last Station), Carey Mulligan (An Education), Gabourey Sidibe (Precious: Based On The Novel Push By Sapphire)



Melhor Ator Drama
Jeff Bridges (Crazy Heart)

Estava mais escrito nas estrelas do que música da Tetê Espíndola. Eu gosto do Jeff mas o filme não me desperta simpatia nenhuma, além do título mega-kitsch. Com certeza ele já fez coisa melhor, mas ele já não é mais jovem e talvez temam que não haja outras oportunidades de o premiar. Colin Firth era o trabalho mais compente de longe.

Perdedores arrasados:
George Clooney (Up In The Air), Colin Firth (A Single Man), Morgan Freeman (Invictus), Tobey Maguire (Brothers).





Melhor Filme Musical ou Comédia
Se Beber Não Case (The Hangover)
O absurdo da noite. Porque o povo adora rir com porcaria? Depois de ver tanta besteira ganhando, ainda bem que eu aprendi a deixar de levar premiações a sério, senão ia morrer de desgosto.

Perdedores arrasados:
(500) Days Of Summer, It's Complicated, Julie & Julia, Nine.



Melhor Atriz Musical ou Comédia
Meryl Streep (Julie & Julia)
Acho que até o Hamaz ou a Al Qaeda teriam bombardeado o hotel se não tivessem dado esse prêmio à ela. Agora é torcer pra ela no Oscar. Só ela bate Sandra Bullock. Não que eu tenha nada contra a Sandra, mas já que a Gaborey não vai levar mesmo, a Meryl merece muito mais.

Perdedoras conformadas:
Sandra Bullock (A Proposta), Marion Cotillard (Nine), Julia Roberts (Duplicity), Meryl Streep (It's Complicated).




Melhor Ator Musical ou Comédia
Robert Downey Jr. (Sherlock Holmes)

O filme é um saco, ele é um grande ator, mas já fez e fará coisas melhores. Não tinha muita opção mesmo, não.

Perdedores arrasados:
Matt Damon (The Informant!), Daniel Day-Lewis (Nine), Joseph Gordon-Levitt (500 Days Of Summer), Michael Stuhlbarg (A Serious Man).





Melhor Atriz Coadjuvante
Mo'nique (Preciosa)

Lindo. Foi o primeiro prêmio da noite, começou muito bem, mas a chuva que caiu em LA foi desandando os penteados e os resultados também...

Perdedoras conformadas:
Penélope Cruz (Nine), Vera Farmiga (Up In The Air), Anna Kendrick (Up In The Air), Julianne Moore (A Single Man).




Melhor Ator coadjuvante
Christoph Waltz (Inglourious Basterds
)
Barbada. Apesar de Stanley Tucci e Christopher Plummer serem sempre ótimos, esse prêmio era dele mesmo por merecimento. Não tinha pra ninguém.

Perdedores conformados:
Matt Damon (Invictus), Woody Harrelson (The Messenger), Christopher Plummer (The Last Station), Stanley Tucci (The Lovely Bones).





Melhor Diretor
Professor Raimundo, digo, James Cameron (Avatar)

Eu duvido que ele fosse capaz de dirigir Bastardos Inglórios. Só tô dizendo... O que mais me chamou atenção foi a cara de indiferença do Leonardo DiCaprio na platéia enquanto o prof. Raimundo ia receber seus prêmios. Parecem que eles cortaram relações mesmo depois de Titanic.

Perdedores arrasados:
Kathryn Bigelow (The Hurt Locker), Clint Eastwood (Invictus), Jason Reitman (Up In The Air), Quentin Tarantino (Inglourious Basterds).


Melhor Roteiro
Amor Sem Escalas
Prêmio de consolação? E cadê o incentivo à criatividade, à inovação? Ficou só em premiar as "invenções" de Avatar?

Perdedores arrasados:
District 9, The Hurt Locker, Inglourious Basterds, It's Complicated.


Melhor Animação
Up!
Acho que nunca existiu uma alternativa na verdade, apesar de Coraline e Sr. Raposo serem muito bons aparentemente.

Perdedores conformados:
Tá Chovendo Hamburguer, Coraline, O Fantástico Sr. Raposo, A Princesa e o Sapo.


Melhor Filme Estrangeiro
A Fita Branca (Alemanha)
Sem Surpresas também. Holocausto e Guerra já me encheram, mas é sempre bom ver a Sophia Loren com cara de tacho depois daquele circo que ela e o pateta do Benigni fizeram.

Perdedores arrasados:
Baaria (Itália), Abraços Partidos (Espanha), La Nana (Chile), Um profeta (França).


Melhor Trilha Sonora
Up! (Michael Giacchino)
E nem vai ser indicada pro Oscar. O Michael devia ter vencido ano passado por Wall-E, mas... Minha torcida na verdade era pra A Single Man. Apesar do roteiro ser fraco, tudo ao redor funciona perfeitamente bem e a trilha é de uma importância vital pra transmitir o clima que o filme propõe.

Perdedores arrasados:
The Informant! (Marvin Hamlisch), Avatar (James Horner), A Single Man (Abel Korzeniowski), Where The Wild Things Are (Karen O, Carter Burwell).


Melhor Canção
"The Weary Kind" (Crazy Heart)
Nos anos 80 e 90 só indicavam pros prêmios músicas boas, mas ultimamente eu não consigo gostar de nenhuma. Nem das do Bono e do Paul McCartney que eu venero.

Perdedores arrasados:
"Cinema Italiano" (Nine), "I See You" (Avatar), "I Want To Come Home" (Everybody's Fine), "Winter" (Brothers).



Enchi o saco, e não tô mais a fim de comentar... Confere a lista do Critics' Choice Awards:




Melhor filme: Guerra ao Terror /The Hurt Locker

Melhor ator: Jeff Bridges - Coração Louco/Crazy Heart.

Melhor atriz: Empate (igual ao ano passado). Sandra Bullock - Um Sonho Possível/The Blind Side e Meryl Streep - Julie & Julia.

Ator coadjuvante: Christoph Walts - Bastardos Inglórios.

Atriz coadjuvante: Mo’Nique - Preciosa.

Melhor elenco: Bastardos Inglórios

Diretor: Kathryn Bigelow - Guerra ao Terror.

Roteiro original: Bastardos Inglórios - Tarantino.

Roteiro adaptado: Amor sem Escalas - Jason Reitman e Sheldon Turner.

Animação: Up – Altas Aventuras

Melhor Ator Mirim: Saoirse Ronan - The Lovely Bones

Melhor filme de ação: Avatar

Melhor Comédia: Se Beber não Case

Filme Estrangeiro: Abraços partidos - Almodóvar.

Documentário: The Cove

Canção:The Weary Kind - Coração Louco/Crazy Heart (T-Bone Burnett, Ryan Bingham )

Trilha Sonora: Michael Giacchino de Up – Altas Aventuras

Telefilme: Grey Gardens

Fotografia: Avatar

Direção de arte: Avatar

Montagem: Avatar

Figurino: The Young Victoria

Maquiagem: Distrito 9

Efeitos visuais: Avatar

Som: Avatar


Só uma pergunta final: Como um filme ganha melhor roteiro e melhor elenco, e perde melhor filme?

Alguém saberia responder...

7 comentários:

  1. adorei os comentários. ao menos vc consegue guardar o bom humor (prof. raimundo, ahauhauahuahua). eu achei as escolhas do prêmios principais deprimentes. MTV Movie Awards deste ano foi mais sério.

    ResponderExcluir
  2. "Como um filme ganha melhor roteiro e melhor elenco, e perde melhor filme?"
    Acho que a montagem de Bastardos Inglorious prejudicou o filme!
    Mas vc assitiu o filme Baaria???
    E pq "Nine" está sendo tao desprezado??? Será que nao tem chances nao no Oscar? Eu adorei Chicago e esse parece ser tao bom!

    ResponderExcluir
  3. Blá, blá, blá, não menosprezem o pop, blá, blá, blá, Tarantino não perdeu a mão, ele poderia ter feito pior, blá, blá, blá, Avatar é foda, blá, blá, blá, Hangover é trabalho de gênio, blá, blá, blá.

    ResponderExcluir
  4. Douglas, vc devia se envergonhar por ser tão ridiculo! Eu te desconjuro e almadiçoo!

    ResponderExcluir
  5. Desde "Fight club" que não lançam um filme tão genial e inovador quanto "Hangover". "Lord of the rings" foi estupendo, mas não chega a tanto.
    Só Gamer e Crank 2 conseguem superar.
    Eu não sou ridículo, eu sou honesto. E você tem que adimitir: Pink Flamingos foi o melhor filme de arte já feito na história. John Waters é um mestre do cinema.
    Amém.

    ResponderExcluir
  6. Nem a Hebe ia ter coragem de te chamar de gracinha...

    ResponderExcluir
  7. Desculpem, gente, mas preciso dar um pitaco.
    É uma heresia comparar Hangover a Pink Flamingos. Os níveis de cocôs são bem diferenciados. Uma coisa é feder, a outra é transgredir. Não dá para nivelar a escatologia do bom e velho americanismo fascista ao grotesco escatológico como elemento de transgressão. E blá para todos. Tchau.

    ResponderExcluir